As melhores cidades para mulheres empreendedoras

Investir dinheiro em um negócio próprio é o sonho de muita gente, mas apenas uma cidade no Brasil é considerada preparada — e ainda assim, com  ressalvas — para receber as mulheres que apostaram tudo nesse objetivo

Foto: Dell Technologies

Em meio a tantas mudanças econômicas e trabalhistas, com a redução de vagas formais no mercado e o interesse crescente pela emancipação profissional, muita gente passou a ser dona do próprio negócio. Os números são reveladores: no Brasil, já existem mais de 8 milhões de microempreendedores individuais (MEI), o que representa um crescimento de 120% nos últimos 5 anos. A quantidade de startups também dobrou nesse período, chegando a 12 mil empresas, de acordo com uma pesquisa feita pela Associação Brasileira de Startups. Mesmo com tantos dados positivos, a primeira dúvida de todo empreendedor é: por onde devo começar? Spoiler: se você for mulher, o caminho é mais difícil. 

Em termos globais, comecemos pelo estudo Women Entrepreneur Cities Index (WE-Cities), feito em 2019 pela Dell Technologies para ranquear as 50 melhores cidades para mulheres empreenderem no mundo. Segundo o levantamento, embora esse ano tivesse sido ótimo para o progresso da igualdade de gênero, com eficazes movimentos em busca de equiparação salarial e combate ao assédio sexual nas empresas, pouco se viu no avanço do empreendedorismo feminino. Nos Estados Unidos, uma pesquisa do site de tecnologia TechCrunch descobriu que o número de empresas fundadas por pessoas do sexo feminino está estagnado há cinco anos no país. 

Foto: Mike C. Valdivia/Unsplash

Foto: Mike C. Valdivia/Unsplash

Foto: Mike C. Valdivia/Unsplash

São Francisco

Foto: Daiwei Lu/Unsplash

Londres

Foto: Benjamin Davies/Unsplash

Chicago

Foto: Osman Rana/Unsplash

vista aérea cidade

Foto: Henning Witzel/Unsplash

Loading image... Loading image... Loading image... Loading image... Loading image...

No ranking WE-Cities, da Dell, cinco pilares determinaram quais cidades são mais amigáveis para empreendedoras: capital de investimento, mercado, talento, cultura e tecnologia. Das 50 cidades da lista, composta de representantes de todos os continentes, apenas quatro eram da América Latina: Guadalajara, Cidade do México, Lima e São Paulo. O top 10 foi formado por Nova York, a campeoníssima, São Francisco, Londres, Boston, Los Angeles, Washington, Paris, Toronto, Seattle e Estocolmo – cinco cidades dos Estados Unidos, três da Europa, uma do Canadá. A Big Apple mostrou-se especialmente superior nos fatores mercado, capital de investimento, cultura e tecnologia. 

Leia mais | Conectar e transformar

O cenário brasileiro

O Brasil tem apenas uma cidade no ranking da pesquisa feita pela Dell Technologies: São Paulo, que está em 45º lugar, com queda de três posições desde 2017, mas vale ressaltar que a cidade obteve destaque por seu aumento em investimento para  a o empreendedorismo feminino e aparece em segundo lugar na lista das dez cidades que tiveram mais melhorias no ambiente operacional, ficando atrás de Washington (EUA). 

As 10 melhores cidades para o empreendedorismo feminino:

  1. Baía de São Francisco (EUA)
  2. Nova Iorque (EUA)
  3. Londres (Inglaterra)
  4. Boston (EUA)
  5. Los Angeles (EUA)
  6. Washington (EUA)
  7. Seattle (EUA)
  8. Paris (França)
  9. Toronto (Canadá)
  10. Estocolmo (Suécia)
  11. Vancouver (Canadá)
  12. Sydney (Austrália)
  13. Melbourne (Austrália)
  14. Austin (EUA)
  15. Chicago (EUA)
  16. Amsterdã (Holanda)
  17. Portland (EUA)
  18. Barcelona (Espanha)
  19. Berlim (Alemanha)
  20. Atlanta (EUA)
  21. Singapura (Malásia)
  22. Houston (EUA)
  23. Hong Kong (China)
  24. Copenhagen (Dinamarca)
  25. Minneapolis (EUA)
  26. Taipé (Taiwan)
  27. Munique (Alemanha)
  28. Belfast (Irlanda do Norte)
  29. Cidade do México (México)
  30. Dublin (Irlanda)
  31. Miami (EUA)
  32. Tel Aviv (Israel)
  33. Pittsburg (EUA)
  34. Tóquio (Japão)
  35. Milão (Itália)
  36. Johannesburg (África do Sul)
  37. Dubai (Emirados Árabes Unidos)
  38. Beijing (China)
  39. Varsóvia (Polônia)
  40. Nairóbi (Quênia)
  41. Seul (Coreia do Sul)
  42. Lima (Peru)
  43. Bangalore (Índia)
  44. Kuala Lumpur (Malásia)
  45. São Paulo (Brasil)
  46. Guadalajara (México)
  47. Xangai (China)
  48. Istambul (Turquia)
  49. Jacarta (Indonésia)
  50. Déli (Índia)

Descubra mais em Dell Technologies